DESTAQUES

Cidade histórica de Congonhas MG sedia Encontro Regional de Políticas sobre Drogas

O município de Congonhas - MG; marcado por suas esculturas sacras, esculpidas em pedra sabão, de autoria do artista Antônio Francisco Lisboa, mais conhecido como Aleijadinho; foi sede da 16ª edição do Encontro Regional de Políticas sobre Drogas, realizado pela Secretaria de Estado de Defesa Social do Governo de Minas, por meio da Subsecretaria de Políticas sobre Drogas, nesta sexta-feira, 01 de julho.  
Cerca de 400 lideranças participaram do evento, voltado para cidadãos da Macrorregião do Território das Vertentes. A ação contou com a presença de várias autoridades, dentre elas do subsecretário de Políticas sobre Drogas, Rafael Miranda; do prefeito de Congonhas, José de Freitas Cordeiro (Zelinho); do policial Federal e coordenador do Programa Maçonaria a Favor da Vida e contra as Drogas do GOB/MG, Danilo Emanuel de Oliveira Santos de Tremínio Salas; do coordenador Regional Amor-Exigente João Francisco de Souza Duarte; e da diretora da Terceira Margem, Watrislene Duarte. 
Com o tema "Prevenção: ação ou teoria?", o evento contou com ciclo de debates e como finalidade de fortalecer as ações relacionadas à temática sobre drogas, alinhar as políticas municipais às do âmbito estadual e fortalecer os Conselhos Municipais de Políticas sobre Drogas na região e conscientizar a população sobre a importância do investimento em programas voltados para a prevenção do uso e abuso de álcool e outras drogas.
Segundo o subsecretário de Políticas sobre Drogas, Rafael Miranda, "a nossa meta é contribuir com eficácia na prevenção do uso e abuso de álcool e outras drogas; ativar os conselhos municipais e capacitar lideranças na temática para reduzir o número de dependentes químicos e disseminar os serviços oferecidos pelo Governo de Minas sobre a temática em todo o Estado. Precisamos conhecer a realidade local para que a política sobre drogas seja abrangente e eficaz."
 O prefeito Zellinho, se sentiu grato pelo fato de o município receber o apoio do Governo de Minas, com o intuito de criar um trabalho unificado em prol do enfrentamento às drogas. "A droga é o grande mal deste século e está em toda parte, em cada esquina, em cada residência. Unindo as forças entre o governo de Minas e município, podemos minimizar este mal e ajudar as famílias que tanto sofrem", declara.
 
Durante a oportunidade, os participantes fizeram uma visita guiada ao "Museu de Congonhas", com um rico e extenso acervo movido para resgatar a importância histórica e artística do município. O museu foi criado com o intuito de valorizar as memórias da cidade para moradores e turistas. Além disso, os participantes conheceram o centro histórico, berço da cultura e religiosidade local, como o Santuário Bom Jesus de Matozinhos.

Capelinha MG faz grande mobilização pela Prevenção às drogas

O Conselho Municipal de Políticas Públicas Sobre Drogas de Capelinha – COMAD – realizou diversas ações durante a Semana Nacional de Prevenção às Drogas, em parceria com as Unidades de CRAS Maria Baiana, Vista Alegre e Pedro Novato, CREAS, Secretaria Municipal de Assistência Social, Habitação e Trabalho, Secretaria Municipal de Esportes e Núcleo Intersetorial de Prevenção da Violência e Promoção da Cultura e da Paz.

No dia 20 de junho, ás oito horas da manhã, na Escola Estadual de Resplendor foi proferida uma palestra sobre “Drogas” pelo Delegado de Polícia Civil, Doutor José Olegário de Oliveira em que aproximadamente quatrocentos e cinqüenta pessoas tiveram a oportunidade de conhecerem um pouco mais sobre o cenário brasileiro no que diz respeito ao consumo e tráfico de drogas, bem como o trabalho realizado pela Polícia Civil.

Esta ação marcou a abertura da Semana Nacional de Prevenção às Drogas em Capelinha e contou ainda com a presença de representantes do CRAS Maria Baiana e da Presidente do COMAD, Fátima Santos Pimenta, que falou sobre a importância em termos sempre jovens e adolescentes envolvidos nesta discussão da campanha contra as drogas. Salientou ainda que a inclusão de comunidades rurais nas ações do Conselho é uma estratégia para oportunizar este público que, na maioria das vezes, fica excluído no debate de importantes assuntos. No meio rural o combate às drogas torna-se um desafio ainda maior.

Também foi realizada entrevista pela Rádio Aranãs FM que contou com a participação do Segundo Tenente PM Leandro Mendes de Carvalho e Leite e da presidente do COMAD que debateram sobre as ações a serem desenvolvidas durante a semana.

O encerramento desta Campanha foi marcado com a realização da Primeira Maratona da Prevenção, no dia 24 de junho, tendo seu início às sete horas da manhã na Escola Estadual Rosarinha Pimentinha, no Bairro Piedade. A Maratona contou com a participação de diversos atletas capelinhenses que percorreram aproximadamente oito quilômetros tendo como pontos de revezamento: Canteiro no alto da Rua Governador Valadares, Escola Estadual Hermínia Eponina da Silva, Quartel da Polícia Militar, Escola Estadual Professora Geralda Otoni Barbosa, Praça de Esportes e Colégio Vencer.

CREAD assume gestão dos Encontros Regionais de Políticas sobre Drogas

Centro de Referência Estadual em Álcool e outras Drogas assume a gestão deste importante evento, simbolizando um passo à frente pela prevenção e acolhimento de usuários de substâncias psicoativas em Minas Gerais.

O Centro de Referência Estadual em álcool e outras Drogas – CREAD, se localiza no centro de Belo Horizonte – MG, e tem por objetivo personalizar o atendimento ao usuário de substâncias psicoativas e seus familiares, propiciar conhecimentos e orientações sobre o uso indevido de álcool e outras drogas.


Estado premia projetos de prevenção e combate ao uso de drogas

A Semana de Prevenção ao Uso e Abuso de Álcool e outras Drogas, celebrada entre os dias 19 a 26 de junho, este ano premia os 20 projetos de destaque na prevenção e combate ao uso de drogas em todo estado e oito servidores que também se destacaram no trabalho dentro do sistema de defesa. A iniciativa é da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), por meio da Subsecretaria de Políticas sobre Drogas (Supod) que, pela primeira vez, abriu espaço para o reconhecimento e fomento das boas práticas do sistema de defesa social mineiro. A premiação aconteceu na quinta-feira (23/6), no Auditório JK, na Cidade Administrativa.

Para a superintendente de Prevenção, Fabiana Rodrigues, a ação vai além do reconhecimento. “Por meio do concurso, conseguimos abrir espaço para ouvir os executores de iniciativas em todos os territórios. Compilamos esses principais projetos aplicados hoje. E pretendemos usar essas ideias para formulação e aperfeiçoamento das políticas públicas. E com isso, avançamos com um governo participativo também sob a perspectiva antidrogas” comemora.

O processo de seleção foi feito por meio da indicação dos próprios envolvidos que listaram 45 projetos para seis categorias, que contemplaram primeiro, segundo e terceiro lugares cada. Foi formada uma comissão julgadora que definiu os critérios de premiação, como, por exemplo, relevância e impacto social, contribuição para as políticas públicas, articulação com as redes e atores sociais locais, entre outros.

Para o subsecretário de Políticas sobre Drogas, Rafael Miranda, “a informação é um meio importante para evitar e tratar o uso de drogas. E nosso objetivo é fomentar o debate com entre a comunidade e aceitar ideias inovadoras daqueles que conhecem a temática”, reforça.